Sobre o que escrever?

Sobre o que escrever

Muitos blogueiros perguntam “sobre o que escrever?”.

Um dos principais problemas dos blogueiros que escrevem com frequência é escrever artigos no prazo planeado e com qualidade. Se você é um daqueles que ao publicar um artigo já conta os dias que faltam para publicar o próximo e pensa com desespero qual será o conteúdo dele, este artigo é para você.

Faltam ideias para novos artigos? Algumas técnicas para nunca mais ter falta de ideias para novos artigos.

Leia!

O primeiro passo é conhecer o assunto. Se você resolveu escrever, é porque tem algo a transmitir. Não se escreve textos para preencher páginas (a não ser que seja seu trabalho de conclusão de curso). Leia blogs de sucesso, notícias sobre o tema, livros, tudo o que lhe aparecer. Quanto mais lemos, mais estamos aptos a julgar, pensar e opinar a respeito de um tema, e ao contrário do que alguns pensam, nossos textos não ficarão menos originais, pois construímos um ponto de vista e expomos ele ao leitor.

Pense!

Somos seres racionais e pensantes. Se não pensarmos, de nada serve viver. Por isso, pense. Pense em temas que combinam com o seu blog, assuntos que lhe agradam, matérias que tem facilidade de escrever, tópicos que seriam novos e que não fujam do nicho do seu blog, ou seja, o tema principal dele. Mas em quais momentos devemos pensar no blog?

ler-um-livro-site-revistaMomentos “nulos”, como o tempo gasto em conduções – carros, ônibus, trens -, o período das refeições, antes de dormir, em caminhadas, dentre outros são ideais. São aqueles minutos que você geralmente não ocupa seu cérebro, só permite que o tempo passe. Muitos podem pensar: “São meus horários de descanso, vou ficar cansado se fizer isso” e a resposta é que isso não ocorrerá se você assumir que escrever para o blog não é um trabalho, é um prazer, em que suas ideias são expostas através de artigos.

Anote!

Nunca deixe uma ideia passar! Surgiu qualquer frase, tema, assunto ou facto interessante que você não se lembra de ter visto em nenhum blog ou acha muito interessante ter no seu, registre.

Algo que aprendi foi anotar até mesmo palavras ou alguma expressão ou frase que ficariam bem num texto, e a partir delas eu construo o meu artigo. Não importa o quão inútil a ideia possa ser depois, é melhor escrever uma má ideia do que deixar esquecer uma ideia. E para mim, ideia esquecida é ideia perdida.

notas-autoadesivasEu tenho SEMPRE uma caneta e papel no bolso das calças onde aponto todas as ideias de artigos, negócios, coisas a fazer… Além disso tenho no computador um ficheiro no FreeMind com todos os artigos e palavras-chave, ideias, tarefas… Outra forma é utilizar as “notas adesivas” do windows 7 ou num simples ficheiro de texto.

Nunca se esqueça de uma ideia! A probabilidade de você conseguir uma ideia vencedora aumenta muito! 🙂

Organize-se!

Só com organização conseguimos entender o que pensamos no momento que veio a boa ideia e conseguimos desenvolvê-la de forma coerente. As ideias não vêm a todo instante. Elas não tem tempo para chegar, às vezes na hora do almoço, às vezes durante as viagens. Você começa a pensar sobre os seus artigos, lembrar de outros blogs e vem uma ideia.

Lembre-se de rever as suas anotações. Coloque do lado do computador, nos bolsos da calças, num ficheiro de texto, mas não deixe de revê-las. Se você organizar o local onde costuma escrever esses tópicos, terá mais chances de aproveitar cada pequena ideia que você teve sem aquela sensação de “tive uma ideia mas já não me lembro dela!”.

Faça Rascunhos!

Os tópicos anotados não se juntarão sozinhos e construirão um artigos. É preciso escrever. Tente formular parágrafos a partir dos tópicos. Relacione-os. Muitas ideias surgem enquanto escrevemos e, por vezes, o texto fica bastante confuso e sem uma sequência lógica.

Lembra-se de como nos ensinaram a fazer uma composição na escola? Início-Meio-Fim, ideias-chave em cada parágrafo,…  É uma excelente forma de conseguirmos um bom artigo, bem estruturado e simples de ler.

Às vezes você pode achar que com os tópicos anotados é impossível construir um artigo, mas se você começa, pode se surpreender com a quantidade de ideias novas ao longo da escrita, a quantidade de texto que surge.

Retome!

As ideais vêm em todas as etapas. Durante a leitura de um bom texto, durante o tempo livre, durante a escrita e até mesmo durante a revisão do texto final. Registramos todas, porque assim  podemos selecionar os melhores tópicos para o artigo final, e assim temos um texto criativo e completo para os nossos leitores.

 

Sobre Diogo Gomes

Farto de trabalhar para os outros e insatisfeito com a vida que tinha,… procurou alternativas na internet.

Hoje trabalha 100% a partir de casa, sem horários, com férias ilimitadas e rendimentos ilimitados.

Apaixonado por ciências exactas, programação, internet, viajar, festas, conhecer pessoas, bilhar, mar, queijo e chocolate

Siga-me no

Porque Você Nunca Irá Ter Sucesso Online

Subscreva este blog:

...e Receba Grátis o Livro Best-Seller
"Porque Você Nunca Irá Ter Sucesso Online"

Marcado com: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Arquivo